Ano 10

Posted on

Em 2006, eu e meu irmão Roberto conseguimos comprar o Casarão da centenária Rua Boa Vista, que pertenceu aos meus avós e onde fomos criados com muita união e festas entre os familiares.

Estávamos pensando em dar um fim cultural familiar para que pudessem manter acesa a chama da união da família e exemplos que meus avós nos deram. Sempre gostei de resgatar histórias.

Em setembro de 2006 começamos a reforma do Casarão, quando um vizinho me perguntou o que eu pretendia fazer na edificação e eu respondi que seria uma casa de cultura. Daí ele saiu com a frase: Um Centro Cultural!

Como arquiteto tinha consciência do que é um Centro Cultural, pois sempre freqüentei alguns e o meu espaço era muito pequeno para tamanha pretensão. Mas ao mesmo tempo, por falta de um tão sonhado Centro Cultural para a nossa cidade, resolvi adotar o nome de Centro Cultural como provocação à Prefeitura, pela incompetência de ter uma população na época de mais de 300.000 habitantes e não ter um espaço cultural decente para os artistas.

O nome seria Centro Cultural Antonio do Pinhal – CECAP, homenageando o meu avô e o espaço teria a missão de criar público para um futuro Centro Cultural Municipal.

No dia 15 de dezembro de 2006, fizemos a inauguração para a família emocionando quando mostramos a exposição de fotos das bodas de ouro de meus avós.

Precisava conteúdo e os recursos eram próprios e poucos. Abri mão de muitas viagens nacionais e internacionais e outras privações para que pudéssemos manter atividades no espaço.

Pelo reconhecimento da falta de recurso e pelo sonho de criar atividades culturais, sempre tivemos simpatia da mídia. O Diário de Mogi, o Mogi News, o Jornal A Semana, a Radio Metropolitana, a TV Mogi News, Teve Diário, TV Fato e outras mídias que aos poucos fomos aprendendo a se comunicar e ter receptividade em nossa divulgação.

Devemos muito a mídia, pois sempre nos atendeu com presteza, ajudando a valorizar as atividades que desenvolvemos nestes 10 anos.

Aos poucos fomos fazendo exposições, cursos, debates culturais, palestras, filmes, festivais de mangas, Saraus, Show acústicos, feiras de artesanato e Teatro, tudo acontecendo em um espaço minúsculo.

O CECAP é um grande professor para entender como funciona as relações sociais, a amizade, a solidariedade e também os lados sombrios como os aproveitadores e pessoas mal intencionadas. Aprendemos a lidar com as várias situações, que só me fez crescer como ser humano, ao mesmo tempo, aprendi a valorizar as qualidades e habilidades das pessoas.

Vimos nestes 10 anos muita coisa boa, muitas histórias de amor, de sucesso, de compreensão e de solidariedade.

Em 2017 teremos muitas atividades comemorativas dos 10 anos de atividades sem apoio financeiro da Prefeitura, Estado e União. Chegamos até aqui e temos ainda um horizonte inteiro para descobrir.

Obrigado a todas as pessoas que já passaram pelo CECAP, que participaram e participam das atividades que oferecemos e pelo carinho daqueles que mesmo não frequentando, nos vê com admiração e até nos incentivam a continuar nesta jornada.

2017 – Ano 10 do CECAP o nosso sucesso também é seu.

15442163_1652706628088786_8646009011415634075_n

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *